Como parar de roer as unhas - 12 dicas de especialistas

Roer as unhas é um hábito bem difícil de quebrar, mas não é impossível. Nesse post te mostrarei 12 dicas de como parar de roer as unhas. Ah! E dada por especialistas!

12 dicas sobre como parar de roer as unhas

Table of Contents

12 dicas sobre como parar de roer as unhas de acordo com especialistas

Estima-se que, em torno de 25% da população luta diariamente para parar de comer as unhas. Mesmo que seja um hábito difícil de remover,  não significa que o problema seja uma causa perdida.

De acordo com psicólogos e psicoterapeutas, isso pode ser feito, basta um pouco de esforço para abandonar esse péssimo hábito.

Então, vamos as dicas sobre como parar de roer as unhas para sempre!

1. Identifique os seus gatilhos

Mas o que é um gatilho?

Um gatilho é qualquer assunto ou situação que nos faça sentir desconfortáveis. Esses gatilhos emocionais estão nos dizendo com quais aspectos de nossa vida podemos nos sentir frustrados ou insatisfeitos. Isso varia em cada pessoa porque todos nós temos conflitos diferentes.

Quando conseguimos identificar o que nos incomoda, podemos tomar medidas para proteger nossa saúde mental.

Mesmo que não possamos evitar todas as situações que podem desencadear essas reações emocionais, podemos tomar medidas práticas para cuidar de nós mesmos e desenvolver uma voz interior forte que nos ajude a passar por essas situações desconfortáveis.

Quando conhecemos nossos gatilhos emocionais, podemos optar por não nos expor a situações que prejudicam a nossa saúde mental, ou a conteúdos que possam gerar emoções desagradáveis.

Sabendo disso fica mais fácil tentar conter o hábito de roer as unhas, é útil reservar um momento para identificar o que está te levando a roer as suas unhas.

gatilhos emocionais

Paul DePompo, psicólogo clínico e fundador do Instituto de Terapia Cognitiva Comportamental do Sul da Califórnia, diz que as pessoas roem as unhas por vários motivos.

Segundo DePompo, os gatilhos mais comuns incluem ruminar sobre um problema, ignorar certas emoções como a raiva ou outro tipo de sentimento sobre um determinado assunto, ou a mastigação como um hábito irracional.

A chave para parar esse hábito é identificar qual é o seu gatilho e montar um plano de ação contra ele.

Você pode tentar todos os truques tradicionais como, mascar chicletes, usar remédios com sabor desagradável nas unhas ou unhas postiças, enfim, vale tudo para tentar parar.

Mas temos um PORÉM…

Esses truques são apenas paliativos. Ou seja, até chegar à raiz do seu comportamento, você nunca será capaz de eliminar o vício de uma vez por todas.

A terapeuta Ph.D Kathryn Smerling sugere manter um diário ou fazer anotações mentais do que está acontecendo quando você roe as unhas, a fim de compreender melhor o que (gatulho) desperta o seu mau hábito.

Seria durante as reuniões no trabalho porque você está estressada? Ou você está em casa assistindo TV e tentando passar o tempo?

Descubra o que é, se são certos eventos, pessoas específicas ou estados emocionais, e depois trabalhe para mudar a sua reação a esses cenários estressantes.

2. Pegar nojinho

Treine a sua mente a sempre pensar sobre o que pode estar escondido sob suas unhas e você nunca mais vai querer roê-las.

“As pessoas que roem as unhas geralmente não limpam as mãos antes de colocá-las na boca, expondo-se assim a uma série de patógenos que podem causar doenças, como a gripe”, disse Hal Weitzbuch, dermatologista credenciado e fundador da JuveTress.

Weitzbuch acrescentou que muitos dos germes comuns encontrados em nossos corpos são comumente encontrados sob as unhas, o que inclui bactérias estafilococos (responsáveis por algumas infecções) e espécies de estreptococos.

Também é comum encontrar fungos sob as unhas, o que pode levar à onicomicose, um fungo que deixa as unhas amarelas, marrons ou pretas, disse Weitzbuch.

“Existem muitos casos de pacientes que tem verrugas nas mãos e que com o hábito de roer unhas, essas verrugas começam a pipocar nos lábios, boca e, às vezes, infelizmente, até mais fundo na laringe”, continuou ele.

Portanto, em geral, é melhor manter as unhas longe da boca.

como parar de roer as unhas - 12 dicas

3. Conte com a ajuda de parentes ou amigos

Recrute pessoas próximas a você como parentes e amigos. Peça a ajuda de quem você ama para ajudá-la a superar o mau hábito.

Pesquisas mostram que se juntar a um amigo para atingir uma meta pode aumentar suas chances de sucesso em 95%.

Peça aos amigos e familiares para chamar a sua atenção se virem que você começa a roer as unhas, ou incentive-os a torcer por você.

Melhor ainda, encontre um amigo que também queira parar de roer as próprias unhas e façam um pacto de ajudar um ao outro.

A doutora Smerling nos conta que tinha uma paciente que descobriu através do seu namorado que ela tinha o hábito de roer as unhas e nem se dava conta disso.

Quando ela estava com o namorado, ele a ajudava a tirar a mão da boca sempre que ela começava a roer. Depois disso, ela ficou mais ciente do comportamento e não precisou mais da ajuda dele.

Tudo começa com consciência, um compromisso sério de parar e praticar constantemente todos os dias para melhorar. 

4 - Faça as unhas regularmente

Tania Elliott, diretora médica da empresa nacional de saúde preventiva EHE diz que, pessoas que pagam pela manicure tendem a roer menos as unhas.

Antes de roer as unhas, a pessoa pensa automaticamente que não quer estragar o trabalho feito nas mãos, além do tempo e dinheiro que foram gastos para torná-las tão bonitas.

Depois de gastar o seu suado dinheirinho em manicure, é provável que você cuide melhor do seu investimento, diz Natasha Poliakov, copropietária do salão de manicure Marina and I.

Uma manicure também pode fazer suas unhas mais curtas, assim dificultando o hábito de roê-las, acrescenta Natasha.

O prejuízo financeiro é, provavelmente, a melhor razão pela qual uma manicure poderia te ajudar a manter o problema sob controle.

5 - Pense em seus dentes

Talvez, você tenha suportado a tortura de usar aparelho ortodôntico quando criança.

Você passa fio dental todas as noites e escova os dentes pelo menos 3 vezes ao dia ou toda vez que come algo.

Tanto cuidado para no final jogar tudo no lixo e se jogar na “roeção” de unha, então saiba que roer unhas pode causar estragos nos seus dentes.

Jack Schwartz, dentista de Nova York, diz que todos os dias em seu consultório recebe pacientes que chegam com pequenas lascas nos dentes frontais superiores e inferiores.

“Não preciso olhar para as unhas para saber que estão usando os dentes para outra coisa que não mastigar comida ”, diz Jack .

Quando você morde as unhas, está sujeito a todos os tipos de danos potenciais. Estudos descobriram que a força de roer as unhas pode ser transferida para a raiz dos dentes, causando uma variedade de lesões nos dentes e gengivas, bem como doenças como infecção e podridão dentária.

Além disso, mordiscar as unhas pode deixá-lo com os dentes da frente rachados ou lascados.

“Se alguém realmente leva a sério a proteção dos dentes, é importante lembrar que eles não foram feitos para ser ferramentas”, disse Schwartz.

6 - Previna as pelezinhas soltas

Frequentemente, as pessoas começam a roer as unhas tentando arrancar aquela pele solta ao lado da unha.

Em pouco tempo, começam a arrancar lascas da ponta da unha e, em seguida, para as corridas.

Segundo a doutora Elliot, o segredo para impedir que esse padrão se repita, é estar preparada.

“Tenha sempre uma tesourinha ou um cortador de unhas com você e corte essas pelezinhas antes que tenha vontade de arrancá-las”, diz a especialista .

7 - Use o seu telefone a seu favor

Conte com a ajuda de aplicativos como o Streaks, que podem ajudá-la a calcular quantos dias seguidos você está sem roer as unhas.

O objetivo do programa é acumular dias consecutivos de conquistas para que você trabalhe mais para manter o ritmo.

“Os maus hábitos irão parar com a prática contínua e usar um aplicativo como esse é uma excelente maneira de cumprir uma meta”, disse DePompo, que recomendou monitorar seus hábitos de perto por três semanas. “Pode levar muito tempo para reverter”, explicou ele.

8 - Faça o oposto de seus desejos

Se sentir vontade de roer as unhas, tente cuidar delas em vez de mastigá-las.

“Quando você se pegar roendo, aconteça o que acontecer, reserve um tempo para pintar as unhas, lixá-las ou aplicar loção nas mãos”, disse DePompo.

A ideia é pegar um hábito ruim e substituí-lo por um bom.

9 - Faça com que tenham gosto ruim

Considere usar um esmalte com sabor desagradável feito especialmente para ajudá-la a largar o vício.

A dermatologista com base na Califórnia, Anna Guanche, é uma grande fã do produto “SuperNail Bite No More”, da marca SUPERNAIL .

Outra marca popular é a Mavala Stop, esse é fácil achar no Brasil e o produto é ótimo de acordo com minhas clientes. É esse produto que indico para as clientes do meu salão.

Ambos produtos possuem gosto muito amargo. O sabor amargo do Mavala não sai nem com água, dessa forma, o cérebro associa a ação de levar a mão à boca ao gosto desagradável.

Colocar unhas postiças nas unhas também é outra arma para ajudar a resolver o problema.

Além disso, as unhas de acrílico são muito grossas e difíceis de roer, então podem impedir o hábito por tempo suficiente para quebrá-lo.

tratamento para impedir de roer as unhas e chupar os dedos

10 - Estar atento

De acordo com Elliott, a atenção plena também pode ajudá-la a lutar contra a vontade de roer as unhas.

A prática de estar presente no momento e perceber tudo ao seu redor pode aumentar sua consciência do hábito. Ou seja, sair do piloto automático e tomar consciência das nossas ações e do mundo ao nosso redor.

Elliot recomenda prestar atenção em cada sensação enquanto você está roendo as unhas, pense em todos os aspectos:

  • Como é o gosto na boca?
  • Como é a sensação das unhas em contato com os seus dentes?
  • E a elasticidade da pele quando você puxa uma pele?

Não parece mais tão bom, não é?

Elliott acrescenta que fazer uma pausa para pensar sobre o que você realmente está fazendo pode ajudá-la a perceber que roer as unhas está longe de ser benéfico.

“Muitas pessoas roem as unhas em resposta ao estresse ou outro gatilho e, por qualquer motivo, sua mente foi treinada para pensar que roer as unhas faz você se sentir melhor e faz com que o estresse desapareça”, diz ela.

O objetivo desse exercício é substituir essa “recompensa” pelo que realmente está acontecendo e como é nojento roer as unhas. Uma vez que seu cérebro perceba isso, o hábito se torna mais fácil de quebrar. 

11 - Visualize as unhas dos seus sonhos

Se você quiser parar de roer as unhas, imaginar ter unhas perfeitas pode facilitar o processo.

“Coloque fotos de lindas mãos e unhas no espelho do banheiro, no carro ou mesmo como papel de parede do seu telefone”, diz Julie Kandalec, estilista de unhas de gente famosa.

Esse truque atua como um lembrete visual constante de como suas unhas e mãos poderão ficar se você parar.

12 - Recompense seu progresso

Paul Hokemeyer, psicoterapeuta licenciado que trabalha com clientes nos Estados Unidos e na Europa aconselha a não colocar o foco nas falhas.

Imagine que parar de roer as unhas seja um jogo, quando se trata de atingir um objetivo como desistir do jogo de roer as unhas, é importante comemorar as suas vitórias ao longo do caminho.

“Pense como um tenista profissional. Quando você estiver roendo as unhas, não hesite, quando voc~e falhar, faça uma correção e continue jogando ”, disse ele. “E não se esqueça de recompensar o seu sucesso!”

Curtiu o post? Então compartilhe! Espalhe gentileza!

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email